• Prefeitura de Acrelândia

Ederaldo consegue com governo do Estado, ambulância com UTI e novos enfermeiros para Acrelândia

Atualizado: 8 de Abr de 2020

Prefeito Ederaldo Caetano conseguiu com o governo do estado ambulância com UTI e novos enfermeiros para ajudar a Acrelândia a combater a covid-19. Caetano espera que que em breve resolverá os problemas da saúde, e já o médico local fez uma leitura favorável da cidade, mesmo registrando nove casos confirmados de coronavírus.


Trêmula, a mulher de meia idade chega à primeira sala de triagem da Unidade Mista de Saúde de Acrelândia reclamando da falta de ar. Pele pálida e boca ressequida, a dona de casa quer fazer o teste para saber se foi contaminada por coronavírus. Mas logo a enfermeira de plantão descobre que ela tem bronquite asmática e problemas de pressão arterial. Passado o susto, confirma que a crise de ansiedade a atacou quando ela topou na rua um vizinho que acreditou estivesse positivo para a Covid-19. A cidade, de 15 mil habitantes, a 120 quilômetros de Rio Branco, até este domingo, 5, registrava 9 casos de contaminação pela doença, atrás apenas de Rio Branco em número de pessoas infectadas. Eram 8 até a sexta-feira, 3, tendo ido para 9 no domingo.


Na quinta-feira, 2, duas equipes da Diretoria de Assistência e do Departamento de Vigilância em Saúde, ambos setores da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), estiveram com técnicos no município para fazer o alinhamento de algumas ações para as próximas fases de enfrentamento à pandemia, com o prefeito Ederaldo Caetano e as autoridades municipais de Saúde.


Já na manhã de sábado, 4, o secretário de Estado de Saúde do Acre, Alysson Bestene, anunciava que uma ambulância do Serviço Móvel de Urgência e Emergência (Samu) vai estar à disposição da Secretaria de Saúde de Acrelândia em regime de 24 horas.


“A ambulância é equipada com uma UTI