top of page
  • Prefeitura de Acrelândia

Na escola Marcílio Pontes, prefeitura realiza palestra sobre o combate à violência contra a mulher



A prefeitura de Acrelândia através da Secretaria Municipal de Ação Social realizou na tarde desta quarta-feira, 17, um encontro com mulheres que compõem o PAIF para falar sobre o combate a violência contra a mulher e lançar a campanha do agosto lilás. A palestra foi realizada na Escola Estadual Marcílio Pontes dos Santos.


O agosto lilás foi criado diante da necessidade de elaborar campanhas de conscientização e enfretamento ao abuso e a violência contra a mulher, é o mês que celebra a criação da lei Maria da Penha, essa lei foi elaborada para amparar as mulheres vítimas de violência, seja ela física, sexual, psicológica, moral ou patrimonial e sensibilizar e conscientizar a sociedade sobre o necessário fim da violência contra a mulher.



Além da palestra, aconteceram diversas dinâmicas e perguntas e respostas sobre o tema “Agosto Lilás” com o objetivo de conscientizar os parcipantes pelo fim da violência contra a mulher.


Ela faz referência ao aniversário da Lei Maria da Penha, instituída pela Lei nº 11.340 (de 07 de agosto de 2006), que em 2022 completou 16 anos. A Lei 11.340, de 2006, ganhou o nome de lei Maria da Penha em homenagem à farmacêutica bioquímica que ficou paraplégica devido a agressões sofridas em 1983 do então marido, o economista e professor universitário colombiano Marco Antonio Heredia Viveros. Ele primeiramente atirou na esposa, simulando um assalto. Depois tentou eletrocutá-la enquanto ela tomava banho. Somente em outubro de 2002, a seis meses do prazo de prescrição do crime, Viveros foi condenado e preso, mas cumpriu apenas dois anos (um terço) da pena e acabou solto em 2004.


Galeria de Fotos


0 comentário